Busca avançada
  1. Home
  2. O que faz o médico neurologista?
O que faz o médico neurologista?

O que faz o médico neurologista?

  • 21 de abril de 2022
  • 0 Curtidas
  • 39 visualizações
  • 0 Comentários

Esse especialista se dedica ao diagnóstico e tratamento das doenças que afetam o sistema nervoso, essa é uma área ampla e complexa. O neurologista está presente em todos setores hospitalares, cuidando diretamente de pacientes e até mesmo auxiliando outros médicos quando sintomas ou problemas neurológicos ocorrem no decorrer de alguma doença.

Quando procurar neurologista?
Os motivos mais comuns que levam as pessoas a buscarem a ajuda desse profissional geralmente são tontura, enxaqueca, ou dor crônica. Mas existem diversas outras situações em que o neurologista pode ajudar, continue a leitura e descubra quando é necessário marcar uma consulta com este profissional.

Separamos 05 sinais que você precisa ficar atento:

Convulsões e Lapsos de memória:
Esses são sinais importantes. Convulsões e lapsos de memória são sintomas que podem indicar demência, como é o exemplo do mal de Alzheimer. Portanto, convulsões sem qualquer causa óbvia, devem ser examinadas por um especialista.

Dormência ou formigamento:
Esses são sintomas comuns quando ficamos em uma posição onde a circulação sanguínea é interrompida, quando esses sintomas são frequentes é importante ficar atento e procurar ajuda médica, pois podem ser sinais de um derrame.

Perda de movimentos:
Dificuldade para caminhar, tremores, movimentos não intencionais e outras complicações semelhantes são sinais que você precisa ficar atento, caso esses problemas ocorram com frequência, ao ponto de interferir na sua rotina, está na hora de procurar um neurologista.

Fraqueza:
O nosso sistema neurológico lidera o corpo, quando ele está com mal funcionamento, ações “simples” do cotidiano, como andar e simplesmente mastigar não acontecem, a fraqueza dos músculos é um sinal a ser considerado. Portanto, se essa fraqueza for recorrente pode significar algo mais grave ou uma doença no sistema nervoso.
Procure ajuda médica. A unicallmed pode te ajudar a agendar a sua consulta, de forma rápida, prática e econômica. [Gancho para o aplicativo]

O que acontece na consulta com o neurologista?
Quando o paciente procura um médico neurologista, algumas perguntas são feitas para que o especialista conheça melhor o paciente. Algumas das perguntas feitas são: Existe histórico de doenças neurológicas na família?! Como é a alimentação?! Faz uso de remédios?!

Além disso, é comum que seja solicitada uma relação de exames clínicos. Dessa forma, o médico terá como fazer um possível diagnóstico e traçar o melhor tratamento, caso haja necessidade.

Quais as principais doenças relacionadas à neurologia?
Por esse especialista ter conhecimentos em outras áreas pode tratar de algumas doenças na área da psicologia, endocrinologia, hematologia, , otorrinolaringologia entre outras, além de doenças que atingem o sistema neurológico e neuromuscular.

Conheça algumas doenças que são tratadas pelo neurologista:

Acidente Vascular Cerebral (AVC):
O AVC acontece quando há uma hemorragia ou entupimento de uma artéria cerebral, causando um déficit neurológico.

Doença de Alzheimer:
O alzheimer acontece devido a perda progressiva de neurônios em algumas regiões do cérebro. Essa é uma condição neurodegenerativa e um dos sintomas mais marcantes é o comprometimento da memória.

Mal de Parkinson:
Essa doença está associada à idade e é caracterizado pelo comprometimento motor, geralmente acompanhado por tremores involuntários.

Enxaqueca:
Essa é uma doença que pode ser completamente incapacitante em seus momentos de crise. O controle da doença envolve uma avaliação completa de diversos hábitos do paciente e requer estratégias personalizadas para o tratamento.

Para diagnosticar essas e outras doenças o neurologista pode solicitar exames, como:
– Eletroencefalograma com mapeamento cerebral
– Doppler transcraniano
– Ressonância magnética
– Punção lombar
– Tomografia

As atividades físicas podem beneficiar o tratamento neurológico?
A prática de exercícios físicos é um poderoso tratamento para reabilitação neurológica, também é uma grande aliada para prevenir doenças no cérebro e todo sistema nervoso. Pode parecer que não existe uma relação entre eles, mas a cada nova pesquisa, descobrimos mais benefícios da prática de exercícios para a saúde neurológica.

Mitos e verdades sobre o funcionamento do cérebro:

Usamos apenas 10% da capacidade mental?
Falso. A origem da história dos 10%, como boa parte das outras mentiras, vem da interpretação equivocada de evidências científicas. Hoje em dia se sabe que todos os neurônios estão ativos em algum momento do dia, até mesmo quando dormimos.

Todo esquecimento já é sinal de demência?
Falso. O envelhecimento envolve um processo de atrofia do cérebro. Portanto, um grau de esquecimento é normal, para aliviar isso, é necessário estimular os neurônios.

Beber demais causa danos ao cérebro porque destrói os neurônios?
Verdade. Inicialmente o consumo exagerado de álcool leva a uma alteração funcional sem perda de neurônios, Porém, com o passar dos anos e uso frequente e excessivo mantido, ocorre diminuição da capacidade mental e atrofia cerebral, causada por perda de neurônios.

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário