Busca avançada
  1. Home
  2. Abaulamento discal: o que é?
Abaulamento discal: o que é?

Abaulamento discal: o que é?

  • 28 de junho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 526 visualizações
  • 0 Comentários

Abaulamento discal é uma doença degenerativa do disco e é normalmente associada com o passar do tempo e o avançar da idade, isto quer dizer que irá ocorrer em todas as pessoas.

Por conta do avançar da idade, seus discos, assim como outras articulações presentes no corpo, vão degenerar ou acabar se desgastando. Isso ocorre por conta de uma alteração natural por causa do envelhecimento e é uma resposta de como seu corpo lida com anos de esforço, uso excessivo, e talvez até mesmo o uso não adequado das articulações.

Contudo, alguns adolescentes já podem apresentar degenerações acentuadas. Em alguns casos, isso pode estar relacionado com a hereditariedade (histórico familiar), já em outros casos podem estar ligadas diretamente com as sobrecargas excessivas ligadas ao disco intervertebral.

O que são os discos intervertebrais?

Os discos intervertebrais podem ser definidos como estruturas que trabalham como se fossem “amortecedores” entre os ossos da coluna vertebral. Na maioria dos casos eles apresentam um conteúdo líquido e protéico em seu interior que é chamado de núcleo pulposo, eles são envolvidos por uma cápsula fibrosa que é chamada de ângulo fibroso. Além disso, ela serve para amortecer os impactos, permitindo que se tenha uma mobilidade fisiológica e normal entre as vértebras.
O abaulamento discal é uma doença degenerativa que afeta o disco e que se inicia com a perda da flexibilidade e da elasticidade do disco. Enquanto está na fase inicial acontece uma desidratação do interior do disco e também alguns sinais de inflamação ao seu redor.

Com o passar do tempo, vai acontecendo uma progressiva desidratação do disco, ele acaba ficando mais rígido e com isso vai perdendo sua altura normal. Essa rigidez do disco acaba também limitando os seus movimentos e eventualmente causando desconforto no local onde o processo inflamatório é associado.

O abaulamento discal , também é chamado de protusão discal, e consiste em uma deslocação na região do disco gelatinoso que fica localizado entre as vértebras, na direção da medula espinhal, provocando assim uma pressão sobre os nervos e consequentemente leva ao aparecimento de sintomas e sinais como: dor, desconforto no local e uma certa dificuldade para realizar movimentos.

Este disco intervertebral, tem como função amortecer o impacto entre as vértebras e tornar mais fácil o processo de deslizamento entre elas, permitindo assim que se faça a execução dos movimentos com mais facilidade.

Na maioria dos casos, o tratamento dessa doença é feito por meio da realização de exercícios físicos, fisioterapia ou pela ingestão de medicamentos analgésicos, já, em casos de gravidade maior, pode ser necessário que se passe pela realização de um processo cirúrgico.

Quais os principais sintomas do abaulamento discal?

Separamos abaixo alguns dos sintomas mais comuns que são provocados por conta da protrusão do disco vertebral:

  • Dor e desconforto na região afetada;
  • Perda de força nos músculos da região afetada.
  • Sensação de formigamento na região dos braços e das pernas;
  • Menor sensibilidade nos membros que se encontram próximos da região afetada;

Esses sintomas podem ser progressivos e irem se agravando aos poucos e, por conta disso, algumas pessoas podem demorar para ir ao hospital. Mas, ao perceber qualquer alteração na sensibilidade ou na força em algum dos membros, seja nos braços ou nas pernas, é importante se consultar com um médico, pois esses sintomas podem significar um problema nos nervos da região.

Para que o diagnóstico seja feito de forma correta e o tratamento possa ser individualizado e eficaz, é imprescindível procurar por médicos especialistas. Você pode contar com a ajuda da Unicallmed na busca por um profissional de confiança.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário