Busca avançada
  1. Home
  2. Calázio no olho: o que é, quais os sintomas e tratamentos?
Calázio no olho: o que é, quais os sintomas e tratamentos?

Calázio no olho: o que é, quais os sintomas e tratamentos?

  • 12 de setembro de 2022
  • 0 Curtidas
  • 348 visualizações
  • 0 Comentários

Calázio no olho: o que é, quais os sintomas e tratamentos?

O chamado calázio é uma inflamação que afeta as glândulas de Meibômio, que consiste nas glândulas sebáceas que são localizadas na região próxima das raízes dos cílios e que produzem uma secreção gordurosa. Este tipo de inflamação resulta em uma obstrução da abertura de tais glândulas, o que provoca por sua vez o aparecimento de alguns cistos que podem acabar ao longo do tempo se elevando, fazendo com que a visão fique comprometida.

O tratamento para o calázio no olho em grande parte das vezes é realizado por fazer uso de compressas quentes, contudo, caso o cisto não demonstra uma melhora ou eleve o seu tamanho, é necessário que se tenha uma consulta com um profissional oftalmologista para que possa ser feita uma avaliação e se analise a possibilidade de remover o calázio por meio de um pequeno procedimento cirúrgico.

Quais os principais sintomas?

Separamos logo abaixo alguns dos sintomas mais comuns que são causados por conta do calázio no olho, são eles:

  • Você pode notar que vai se formar um cisto ou caroço na região, que pode elevar o seu tamanho;
  • Inchaço das pálpebras;
  • Frequentes dores e desconforto no olho;
  • Irritação no olho;
  • Dificuldade para enxergar e visão turva;
  • Lacrimejar muito e com frequência;
  • Visão sensível à luz.

Após alguns dias convivendo com o calázio, as dores e a irritação podem acabar, restando assim somente um caroço que não na pálpebra que não provoca nenhum tipo de dor e que cresce de forma lenta durante a primeira semana, podendo assim, continuar a crescer, quanto maior for o caroço ele fará cada vez mais pressão sobre o globo ocular e por conta disso, esse caroço pode deixar a visão turva.

Qual a diferença entre calázio e terçol?

Muitas pessoas acabam confundindo o calázio com o terçol, mas o calázio provoca pouca dor, e é curado em poucos meses e não é provocado por infecções bacterianas, já no caso do terçol, que é caracterizado por uma inflamação das glândulas de Zeis e Mol, por conta da presença de bactérias, e que causa bastante dor e irritação, além de ser curado em um período de mais ou menos uma semana.
Por isso, é fundamental ir ao médico assim que aparecerem os primeiros sintomas, de forma a seguir o tratamento mais adequado indicado pelo médico, já que, sendo que no caso do terçol, pode ser preciso que se tome alguns antibióticos.

O que causa?

O calázio é provocado por conta do bloqueio das glândulas que ficam localizadas na região das pálpebras inferior ou superior e, por conta disso, é mais comum de ocorrer essa condição no caso de pessoas que possuem seborreia, acne, rosácea, blefarite crônica ou que têm conjuntivite recorrente, por exemplo.

Como é feito o tratamento do calázio?

Grande parte dos calázios no olho acabam se curando sozinhos, eles desaparecem sem nem mesmo precisar de um tratamento, em cerca de 2 a 8 semanas. Contudo, caso sejam aplicadas compressas quentes 2 a 3 vezes ao dia em um período de cerca de 5 a 10 minutos, o calázio pode acabar desaparecendo mais rapidamente.

Entretanto, é necessário lavar sempre bem as mãos antes de tocar na região afetada. No caso do calázio continuar crescendo e não desaparecer, ou se ele provoca algumas alterações na visão, pode ser que seja necessário recorrer a uma pequena cirurgia de drenagem do calázio, ou em alguns casos também pode ser aplicada no olho uma injeção com um corticosteróide, para poder auxiliar no processo de redução da inflamação.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário