Busca avançada
  1. Home
  2. Para que serve a creatina e quais seus efeitos?
Para que serve a creatina e quais seus efeitos?

Para que serve a creatina e quais seus efeitos?

  • 1 de setembro de 2022
  • 0 Curtidas
  • 445 visualizações
  • 0 Comentários

Para que serve a creatina e quais seus efeitos colaterais?

A creatina consiste em uma substância produzida de forma natural pelos rins e pelo fígado, que tem como função fornecer energia para os músculos e melhorar o desenvolvimento das fibras dos músculos, o que facilita o ganho de massa muscular, favorece o desempenho físico e reduz o risco de desenvolver algum tipo de lesão.
Mesmo sendo produzida naturalmente pelo organismo, é bem comum que atletas façam uso do suplemento de creatina para que se tenha uma melhora na sua performance.

É fundamental que o consumo seja orientado por um nutricionista ou profissional qualificado, dependendo de quais sejam as necessidades nutricionais do paciente e levando em conta o histórico de saúde de cada pessoa.

Separamos abaixo algumas das principais funções da creatina, confira:

Favorece o desempenho físico:

A creatina é encontrada em quantidades mais elevadas no músculo esquelético, e fornece energia para as fibras dos músculos, prevenindo assim o cansaço excessivo e trazendo um melhor desempenho no treino de força. Ademais, essa substância pode também realizar um estímulo do aumento do volume do músculo, por conta dela favorecer a entrada de líquido nas células.

Dessa maneira, é normal que os atletas do fisiculturismo, da musculação ou de esportes de alta performance consomem a creatina como uma forma de suplemento onde o objetivo principal é ter mais energia, favorecer o seu rendimento e ter uma melhor performance no treino e reduzir o risco de ter uma lesão.

Auxilia no tratamento de doenças dos músculos:

Alguns estudos indicam que o consumo pode auxiliar no tratamento de doenças dos músculos, como no caso da distrofia e fibromialgia, auxiliando assim a melhorar a força dos músculos, o que pode influenciar de maneira direta na capacidade de realizar movimentos normais do cotidiano.

Contudo, são ainda necessários que se realize ainda mais estudos que demonstrem os benefícios do consumo de creatina e qual a dose recomendada, pelo fato de existirem também alguns relatos de que o consumo de doses elevadas da creatina por pessoas com alterações musculares acabam levando à piora dos sintomas, podendo causar doenças.

Prevenir o desenvolvimento de Parkinson:

A doença de Parkinson está diretamente relacionada com alterações na função da mitocôndria e a creatina poderia atuar de forma direta nessas células, o que poderia acabar resultando na melhora da sua função e evitando ou atrasando o avanço dos sintomas dessa doença. Mesmo assim, é preciso ainda que se realizem outros estudos para que se possa indicar a dose diária recomendada e tempo de uso da creatina para que se tenha realmente a prevenção do Parkinson.

Prevenir doenças crônicas:

Algumas doenças crônicas, como por exemplo a diabetes e doenças cardíacas podem ser evitadas por conta do uso da creatina, a partir do momento em que associada à prática de atividade física de uma maneira regular e constante, e ligada também a uma alimentação saudável e equilibrada. Isso porque a creatina pode melhorar no quesito de ganho de massa muscular livre de gordura, além de promover uma melhor densidade dos ossos, reduzindo assim o risco de doenças.

Quais os possíveis efeitos colaterais da creatina?

A creatina é uma substância naturalmente produzida pelo organismo e, por esse motivo, não está normalmente ligada a efeitos colaterais. Mas, o uso do suplemento de creatina em doses elevadas e sem o acompanhamento de um médico, pode acabar comprometendo o funcionamento dos rins e provocar desconforto do estômago, também pode ocorrer tonturas, cãibras, elevação da pressão arterial, retenção de líquido, inchaço do abdômen e diarreia, estes sintomas aparecem ainda mais frequentemente quando não há uma alimentação correta.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário