Busca avançada
  1. Home
  2. Esmegma: o que é e como evitar
Esmegma: o que é e como evitar

Esmegma: o que é e como evitar

  • 21 de setembro de 2022
  • 0 Curtidas
  • 329 visualizações
  • 0 Comentários

O que é esmegma?

O esmegma (termo oriundo do grego, que significa “sebo”) trata-se de uma combinação de células epiteliais esfoliadas e gordura, que se acumulam sob o prepúcio em indivíduos do sexo masculino e ao redor do clitóris e nas dobras dos pequenos lábios em indivíduos do sexo feminino. Nos homens, o esmegma facilita a relação sexual, pois atua como um lubrificante uma vez mantém a umidade da glande.

O esmegma é composto por gordura e proteínas. Alguns pesquisadores afirmam que contém também enzimas antibacterianas. Durante a infância o organismo praticamente não produz esmegma. A produção do mesmo aumenta da adolescência até a maturidade sexual, período no qual o papel de lubrificante possui maior importância, sendo que a partir da meia-idade a produção começa a cair, e na velhice sua produção praticamente desaparece.

Como evitar esmegma no homem?

Evite enxugar o pênis. Enxugar o pênis após urinar com papel higiênico não é aconselhável. O contato do papel com a pele favorece uma inflamação local ou mesmo infecções fúngicas. A urina é estéril. As gotas na cueca ocorrem quando você urina com pressa. Calma! Urine com mais calma e deixe as gotas caírem ainda sobre o vaso. Higienize o pênis corretamente, não é o sabonete que vai determinar a melhor limpeza, mas a maneira correta de limpar a glande.

A maioria dos homens pode usar sabonete comum de pH 7, que é o neutro, para fazer a limpeza do pênis sem problemas. Use sabonete de coco ou glicerina. Evite produtos bactericidas, entre outros. A higiene após a relação sexual é essencial. Lavar e higienizar o pênis depois do ato sexual ajuda a evitar infecções causadas por fungos, como a candidíase, e elimina resíduos de sêmen e excesso de lubrificante do preservativo.

Como evitar o esmegma na mulher?

A recomendação é que a higiene deve ser feita três vezes ao dia, de preferência com água, sabonete especial e usando somente os dedos. Esponjas, cotonetes ou qualquer outro apetrecho devem ser descartados, pois podem raspar a vulva e provocar ferimentos.

Os dedos oferecem maior mobilidade na hora da limpeza, o que é bastante importante para lavar o clitóris e retirar todo o esmegma, um resíduo branco formado pela combinação de células epiteliais, óleo e gordura genital. Na vulva, os movimentos devem ser leves e circulares. Depois, com os dedos na horizontal, a limpeza deve ser feita da vagina para o ânus, para que não haja contato do material retal com o genital.

Mitos e verdades relacionados ao esmegma:

A ducha vaginal é o melhor jeito de fazer a higiene íntima feminina?

Mito. A ducha vaginal é um procedimento no qual a mulher limpa a região interna da vagina e é erroneamente considerado por muitos como o melhor jeito de fazer a higienização.

Como a região íntima possui o seu próprio sistema de limpeza interno, a ducha vaginal só deve ser feita sob recomendação médica. Caso contrário, o efeito será o oposto: a região íntima perde sua proteção natural e passa a estar mais suscetível a infecções.

Banhos de vapor podem prejudicar o útero?

Verdade. Recentemente os banhos de vapor na região íntima se tornaram mais populares e incluem um mistura de luzes infravermelho com vapores de ervas. Embora prometa reequilíbrio hormonal e limpeza do útero, a prática é potencialmente perigosa – ou, no mínimo, ineficaz. Ginecologistas afirmam que para o vapor atingir o útero seria necessário aplicar pressão, o que pode prejudicar o útero.

Por isso, banhos de vapor também não são indicados para higiene da região.

Sabonetes íntimos são indispensáveis para a região?

Mito. Apesar da promessa de regular o pH, os sabonetes íntimos só devem ser utilizados para a higiene íntima feminina por quem possui algum tipo de alergia a outros tipos de sabonetes. Além disso, ele não deve ser utilizado todos os dias, já que pode prejudicar a flora da região.

O melhor, portanto, é investir na limpeza com água e sabonete neutro para fazer a higienização.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário