Busca avançada
  1. Home
  2. Hermafrodita: o que é, quais os tipos e como identificar?
Hermafrodita: o que é, quais os tipos e como identificar?

Hermafrodita: o que é, quais os tipos e como identificar?

  • 30 de agosto de 2022
  • 0 Curtidas
  • 426 visualizações
  • 0 Comentários

Hermafrodita: o que é?

A pessoa considerada hermafrodita é quem tem dois órgãos genitais ao mesmo tempo, isso vale tanto para o sexo masculino quanto para o feminino, e essa doença pode ser identificada logo depois do nascimento da criança.
Este tipo de situação é chamado de hermafroditismo ou intersexualidade, e o que provoca esta condição ainda não está bem estabelecido. Contudo, pode ser que o hermafroditismo seja o resultado de algumas alterações genéticas que ocorreram durante o processo de desenvolvimento do bebê, enquanto ele ainda estava no útero.

Existe ainda outra maneira de hermafroditismo, por exemplo, existe uma em que a criança já nasce com a região genital externa bem definida, entretanto, ela possui outras alterações gonadais importantes, como ocorre em alguns casos de uma pessoa do sexo masculino que, ao chegar no período da adolescência, menstrua e desenvolve mamas.

O tratamento para quem é hermafrodita varia dependendo de qual é a idade em que foi identificado, entre outros, podendo assim ser realizada uma reposição de hormônios ou uma cirurgia para definição do gênero, dependendo de qual seja a identificação de gênero escolhida pelo indivíduo.

Quais são os tipos de hermafroditismo?

O hermafroditismo pode ser classificado em dois principais tipos, a depender dos órgãos sexuais presentes, pode ser dividido em: hermafrodita verdadeiro e o pseudo-hermafrodita, que pode ser tanto feminino quanto masculino, confira abaixo uma explicação mais detalhada de cada dos principais tipos:

Hermafrodita verdadeiro: Essa é uma condição que ocorre raramente, nela a criança nasce com os órgãos sexuais femininos e masculinos internos e externos já bem definidos, no entanto apenas um deles se desenvolve normalmente, assim o outro acaba ficando atrofiado. Existem alguns casos de hermafroditismo verdadeiro em que se tem um desenvolvimento normal e ao mesmo tempo dos dois órgãos genitais, embora seja muito raro.

Pseudo-Hermafrodita masculino: Esta condição é quando a pessoa nasce com a genitália feminina, mas sem os ovários e o útero, contudo os testículos ficam alojados na parte de dentro da cavidade pélvica.

Pseudo-Hermafrodita feminino: Essa condição acontece quando a pessoa já nasce com os ovários, embora a genitália externa masculina seja bem definida, isso acontece geralmente por conta do desenvolvimento anormal do clitóris, que começa a ter um formato parecido com o do pênis.

É necessário que se realize uma consulta com um médico especializado caso os pais ou algum responsável passe a notar que há alguma característica diferente no desenvolvimento da criança.

Quais as possíveis causas do hermafroditismo?

O que provoca o hermafroditismo humano ainda não foi esclarecido, contudo existem algumas teorias de que o óvulo possa ter sido fertilizado por 2 espermatozoides distintos ou talvez que tenha havido algum tipo de alteração genética importante durante o processo do desenvolvimento do bebê.

O hermafrodita pode ter filhos?
Em grande parte dos casos, o hermafrodita não pode ter filhos, devido aos órgãos, como os ovários ou testículos, que podem não ter a capacidade de produzir óvulos ou espermatozoides. Porém, em casos de hermafroditas que possuem um útero, esse órgão pode não estar tendo seu funcionamento de forma adequada, o que não permitiria uma gravidez.

Como identificar o hermafroditismo?
O hermafroditismo pode ser identificado assim que a criança nasce ou durante a sua adolescência, por meio de exames laboratoriais ou exame de imagem.

Caso seja observada alguma ocorrência de menstruação em homens ou a presença de alguma semelhança com um pênis nas mulheres, é necessário que se realize uma consulta com um médico especializado para que seja feito exames para que se tenha um diagnóstico concreto.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário