Busca avançada
  1. Home
  2. Herpes: Você sabe o que é? Conheça 7 sintomas.
Herpes: Você sabe o que é? Conheça 7 sintomas.

Herpes: Você sabe o que é? Conheça 7 sintomas.

  • 27 de junho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 531 visualizações
  • 0 Comentários

Herpes: descubra as respostas às principais dúvidas.

O que é herpes?

É uma infecção causada por um vírus chamado: Varicela zoster. Esse é um vírus que causa feridas e machucados no corpo, em áreas como as genitais e em outras regiões, podendo ser aliadas ou não a outros sintomas.

Quais são os diferentes tipos de herpes?

Existem dois grandes grupos: herpes zoster e a herpes simplex que pode ser separada em labial e genital.

A herpes zoster é a responsável por causar a catapora, doença em que o paciente apresenta febre e uma irritação na pele, com a presença de bolhas e de bastante coceira. O principal sinal da herpes zoster é a presença de pequenas bolhas cercadas por uma área avermelhada na pele. Esse vírus é transmitido por meio do contato direto com a pele ou secreções respiratórias.

Além disso, se a mucosa entrar em contato com o vírus da herpes simplex, essa doença pode acometer até mesmo a conjuntiva, causando herpes no olho.

Já a herpes simplex é dividida em dois subtópicos:

Labial: é caracterizada como uma infecção dentro da boca e nos lábios. O contágio é por meio do contato com a saliva, pele ou lábios da pessoa contaminada;

Genital: causada pela presença de bolhas nos órgãos genitais tanto masculinos, quanto femininos, a herpes genital é uma infecção sexualmente transmissível.

Como saber de quem peguei herpes?

Cada tipo de herpes causa sintomas diferentes, sendo que a única característica geral é a apresentação de lesões cutâneas na região afetada.

No caso da herpes no olho, os sintomas são bastante similares ao da conjuntivite, resultando ainda na formação de pequenas vesículas sob a pálpebra

A herpes labial engloba sintomas como vermelhidão, dor e bolhas nos lábios e na parte interna da boca;

Já no caso da herpes genital, em geral os sintomas surgem entre 10 a 15 dias após a relação sexual desprotegida com uma pessoa portadora do vírus. Entre os sintomas estão:

  • Dor;
  • Ínguas na virilha;
  • Coceira e desconforto;
  • Vermelhidão na região;
  • Ardor ao urinar caso as bolhas estejam perto da uretra;
  • Ardor e dor ao defecar, caso as bolhas estejam próximas do ânus;
  • Aparecimento de bolhas na região genital, que se rompem e dão origem a pequenas feridas.

Qual o tratamento para herpes?

O diagnóstico da herpes zoster é baseado na história clínica e na análise das lesões. Geralmente em apresentações menos típicas podem ser solicitados exames complementares.

Já o diagnóstico da herpes oral e genital pode ser feito com base na análise das lesões que aparecem durante as crises e exames complementares, coletando amostras das bolhas ou no caso de pessoas assintomáticas, podem ser solicitados exames de sangue.

Para tratar a doença, podem ser usados medicamentos como pomadas para herpes, que são aplicadas na região afetada pela doença, evitando que novas bolhas e lesões cutâneas surjam no local.

Como lavar a roupa de quem tem herpes genital?

A forma mais comum de transmissão acontece quando alguém não infectado tem contato direto com a pele de uma pessoa infectada que apresenta lesões visíveis, como bolhas ou erupções, ou seja, durante uma crise sintomática.

É recomendável que copos, batons ou qualquer protetor labial, lâminas de barbear ou de depilação e toalhas de banho não sejam compartilhados, principalmente no caso de lesões visíveis.

No caso da lavagem das roupas, é importante seguir as orientações médicas, mas separamos 03 dicas que podem te ajudar:

Antes da lavagem, separe as roupas das demais. Quando tirar as roupas, não misture com as demais roupas sujas, tenha um espaço só para elas e, se possível, assim que tirar já as lave.

Antes de começar a mexer nas roupas, use luvas para que você não se contamine, além disso, não coloque as mãos no rosto, boca, etc. Lave as peças normalmente usando sabão para lavagem de roupas.

Quem tem herpes genital, pode ter filho?

Não existe risco de infertilidade nos portadores de herpes genital. Contudo, a infecção dos pais (ou de apenas um deles) pode trazer riscos ao bebê. Sendo assim, é fundamental procurar orientação médica!

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário