Busca avançada
  1. Home
  2. O que é astenia?
O que é astenia?

O que é astenia?

  • 19 de julho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 500 visualizações
  • 0 Comentários

É uma enfermidade que é caracterizada por uma sensação de fraqueza, fragilidade e falta de energia no corpo, podendo estar assim diretamente ligada ao cansaço físico e intelectual, tremores, lentificação dos movimentos, e espasmos musculares.

A astenia pode ter dois tipos, que é a anemia temporária ou crônica, podendo, assim ser provocadas por diferentes fatores, como por exemplo, a gripe e o resfriado, problemas presentes na tireóide, deficiências e falta de vitaminas no corpo ou, até mesmo devido à exposição a certos tratamentos, como por exemplo, a quimioterapia.

Ao demonstrar alguns desses sinais, você deve procurar a ajuda de um especialista, e de profissionais qualificados para te ajudar, pensando no melhor para sua saúde a UnicallMed tem os melhores e mais qualificados profissionais, que estão prontos para te ajudar, quando você precisar.

Separamos abaixo algumas doenças que podem estar ligadas com a astenia, e que você deve estar atento para caso demonstrá-las, confira.

Quais são as principais doenças ligadas a astenia?

Anemia:
A anemia é caracterizada por conta da redução dos níveis de hemoglobina presentes no sangue, a hemoglobina é uma proteína que se encontra no interior dos glóbulos vermelhos, e que é responsável por fazer o transporte de oxigênio para os órgãos do corpo. Além do cansaço extremo, a anemia pode também provocar o surgimento de alguns outros sintomas como por exemplo a falta de ar, palidez e sensação de sonolência.

Qual o tratamento para anemia?
O tratamento vai depender do tipo de anemia que o paciente apresenta, podendo ser feito por meio da suplementação de ferro e de vitamina B12, pode ser realizada também pela administração de corticoides e imunossupressores ou, em casos mais graves, pode se necessitar de um transplante de medula óssea.

Gripe:
A gripe é uma infecção que é causada por um vírus, chamado influenza que, além de causar a astenia, também pode fazer com que o paciente apresente alguns sintomas, como febre, tosse, dor na garganta, espirros e congestão nasal, podendo durar de 5 a 7 dias.

Qual tratamento para a gripe?
O tratamento consiste principalmente em repousar , se hidratar bem, e fazer uso de medicamentos na intenção de amenizar os sintomas, como os analgésicos, por exemplo.

Distúrbios da tireoide:
Algumas alterações na tireoide, como no hipotireoidismo, por exemplo, podem provocar a astenia, o sobrepeso, dores de cabeça e queda de cabelo, por exemplo, por conta da baixa atividade da tireóide.

Qual tratamento para distúrbios na tireoide?

O tratamento para esses distúrbios é feito através da reposição de hormônios com levotiroxina, que deve ser prescrita por um médico endocrinologista.

Depressão:
Muitas pessoas que sofrem com a depressão apresentam um sintoma muito comum, que é o cansaço físico em excesso. A depressão é uma doença que afeta o humor da pessoa, provocando assim tristeza profunda, persistente e desproporcional, e que muitas das vezes não tem um motivo justificável para acontecer.

Qual tratamento para a depressão?

O tratamento para a depressão é feito, geralmente, por meio de medicamentos antidepressivos, esses medicamentos devem ser recomendados pelo médico psiquiatra, e por sessões de psicoterapia, que devem ser feitas semanalmente com um psicólogo.

Insônia:
A insônia é um distúrbio do sono que afeta a pessoa e pode causar dificuldade para adormecer ou para conseguir uma boa e regular qualidade de sono, fazendo assim com que a pessoa se sinta muito cansada, principalmente se o problema persistir e ocorrer em várias noites seguidas.

Qual o tratamento para a insônia?
É fundamental adotar alguns hábitos que permitam ao corpo acostumar a adormecer no momento certo, como por exemplo, evitar assistir televisão ou olhar o celular na hora de dormir, tentar também, deitar cada dia em um horário diferente e praticar exercícios físicos durante o dia, por exemplo. Ou, se for o caso, existem remédios naturais, como chá de maracujá ou camomila, por exemplo, que podem auxiliar no sono. Em casos mais graves, pode ser necessário tomar medicamentos, caso for recomendado por um especialista.

Deixe o seu comentário