Busca avançada
  1. Home
  2. Quais as causas da dor de dente?
Quais as causas da dor de dente?

Quais as causas da dor de dente?

  • 12 de julho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 516 visualizações
  • 0 Comentários

Quais as causas da dor de dente?

A dor de dente pode ser provocada por uma série de causas, sendo os motivos mais comuns, a presença de cáries, problemas presentes na gengiva e o desgaste do dente, que ocorre também com o passar do tempo. Ademais, alguns problemas presentes na articulação temporomandibular e abscessos também podem provocar ou causar dores no local afetado.

Entre o que foi citado acima, a principal e mais comum causa que se destaca como a maior provocação de dor no dente é a cárie, que quando consegue atingir a polpa dentária pode originar uma infecção e fazer com o que a pessoa sinta bastante dores na região afetada. No início, os sintomas mais comuns são os dentes ficarem muito sensíveis ao mastigar alimentos quentes ou frios.

Quem já teve que lidar com a dor de dente sabe como é ruim e totalmente desconfortável. A dor provocada por ela pode ser aguda e contínua, e pode até irradiar de outra região do corpo.

Muitas pessoas preferem, simplesmente, ignorar a dor e procurar ajuda médica apenas quando a situação fica grave ou se torna crítica. Outras, preferem se automedicar, ingerindo chás, por exemplo, e tentam de diversas formas caseiras aliviar o incômodo. Porém, fazer uma consulta ao consultório odontológico é imprescindível e fundamental, porque isso vai servir para diagnosticar e iniciar o tratamento mais adequado, para seu caso.

É importante lembrar de sempre buscar profissionais qualificados para te ajudar, e um local onde você vai contar com equipamentos e uma equipe disposta a te ajudar. Você pode encontrar profissionais qualificados perto de você, com a ajuda da Unicallmed.

Quais os tipos de dor de dente mais comuns?

Existem vários tipos de dor de dente que podem ter diferentes características, entretanto por se tratar de uma inflamação, na maioria dos casos essa, é uma dor do tipo latejante e pulsátil. Se for de instalação recente é chamada de aguda, e caso o incômodo continue persistindo por meses, ela é considerada crônica.
A dor que pode se expandir para outros dentes ou até mesmo outras regiões da face é classificada como difusa e irradiada. Ela é também chamada de intermitente e quando dói por longos períodos de tempo ela é uma dor considerada contínua.

Dessa forma, como os dentes podem irradiar para outras regiões, outras áreas também podem gerar dores referidas aos dentes. Por conta disso, é sempre fundamental fazer o diagnóstico correto da doença, e sempre se lembra que a dor é o principal indicativo de que algo está errado no seu corpo e a causa deve ser achada o quanto antes para que seja feito um tratamento adequado.

Quais as causas mais comuns de dor de dente?

Uma das causas mais comuns de dores de dente é a doença inflamatória que se desenvolve no nervo do dente ou dos tecidos que são responsáveis por suportar o dente no osso.

Existe formas de aliviar as dores dentais até o momento de realizar uma consulta odontológica?

Sim, mas você deve se lembrar que a dor poderá ser aliviada dependendo do estágio em que a doença esteja. Mas essas medidas são apenas medicações analgésicas que inicialmente vão aliviar a dor, mas não tratam a doença, fazendo assim com que, a doença progrida até o momento que nada mais alivia a dor, por isso ao demonstrar qualquer sintoma ou dor procure um especialista o quanto antes.

Como prevenir a dor de dente?

A prevenção é o melhor caminho, pois você vai evitar os problemas mais graves e dolorosos. Para isso, você deve sempre manter uma boa higiene bucal, utilizando um creme dental com flúor, essa é uma excelente maneira de evitar o aparecimento de cáries e retrações gengivais, que podem causar a dor de dente. Caso mesmo assim as dores apareçam, você não deve demorar para procurar um especialista no assunto e achar a solução do problema antes que ele se agrave.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário