Busca avançada
  1. Home
  2. Relação médico-paciente: recomendações para ter mais sucesso?
Relação médico-paciente: recomendações para ter mais sucesso?

Relação médico-paciente: recomendações para ter mais sucesso?

  • 22 de setembro de 2022
  • 0 Curtidas
  • 324 visualizações
  • 0 Comentários

Relação médico-paciente: recomendações para ter mais sucesso?

É necessário ter atenção à relação médico-paciente deve ter para com o paciente, isso é fundamental para que o profissional de saúde consiga realizar um trabalho de excelência.

Partindo do pressuposto de que estamos nos referindo a vidas humanas, é importantíssimo adotar algumas estratégias que possam melhorar essa interação permitindo assim, que se possa ter a construção de um vínculo baseado no respeito e no acolhimento.
Tendo isso em vista, mostraremos algumas estratégias para conseguir melhorar essa relação médico-paciente. É muito importante também cuidar dessa interação com os pacientes e apresentar algumas sugestões para que os médicos possam criar um vínculo mais forte e fidelizar os pacientes.

Quais são as recomendações necessárias para que se possa melhorar a relação médico-paciente?

Um dos desafios mais difíceis a serem enfrentados pela classe médica é conseguir montar estratégias para que se tenha um desenvolvimento com relação médico-paciente com sucesso. A impessoalidade nas consultas médicas pode acabar prejudicando tanto o médico quanto seus pacientes, pelo fato de que muitos tratamentos iniciados com um profissional não são concluídos.

Portanto, caso você esteja em busca de alternativas para fidelizar mais pacientes, ter melhores resultados com relação aos tratamentos e impulsionar o seu negócio, separamos abaixo, para você, algumas sugestões que podem lhe dar um auxílio. Veja:

Dar prioridade a um atendimento humanizado
As metas de melhoria é importante que sejam primadas por meio do desenvolvimento da humanização em todas as etapas do atendimento clínico.

Para que se possa alcançar o sucesso na relação médico-paciente, uma boa opção consiste na promoção de uma nova cultura de atendimento.

O mais importante é que se estabeleça certos procedimentos nos quais os médicos vão deixar de tratar somente a doença em si e passarão a desenvolver uma visão holística sobre o paciente.

Nessa perspectiva, os pacientes vão passar a ser considerados sob um contexto biopsicossocial. Isso significa que como um ser humano que tem sentimentos e emoções que podem ter influência sobre a dinâmica da doença, a dimensão dos seus problemas e suas necessidades específicas.

Na prática clínica, é muito fácil perceber que, quando alguém está em busca de um atendimento médico para cuidar de algum tipo de doença crônica, o paciente se encontra em uma condição de maior vulnerabilidade emocionalmente, fragilidade e insegurança.

Assim, a maneira como você vai atendê- lo e a atenção que recebe do profissional vão ter um impacto com relação a percepção que ele terá sobre a sua experiência naquele local.

Além do mais, a humanização é importante que não seja restrita apenas ao consultório. Esse processo é importante que seja extensivo a todos os ambientes em que ocorram alguma interação com o paciente. Essa atenção especial está ligada desde a chegada ao consultório até o instante em que ele vai embora.

Na relação médico-paciente, primeiro é importante ouvir o paciente com cuidado antes de fornecer o diagnóstico
Ouvir o paciente com atenção e demonstrar interesse pelo problema dele para depois definir o diagnóstico é uma recomendação que, mesmo que já seja bem discutida no meio médico, ainda é praticada por poucos profissionais.

Esta é uma prática que ainda significa um grande desafio para os médicos gestores de clínicas e de hospitais por conta da alta demanda de consultas, o que torna o tempo escasso para dar conta de todos os agendamentos. Contudo, essa logística que envolve tempo, consulta e qualidade no atendimento é necessária que seja repensada, pelo fato de que o ato de ouvir não pode se limitar apenas à coleta das informações e ao diagnóstico.

É necessário ter uma conduta que faça com que o paciente se sinta compreendido e confiante pelo profissional.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

.

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário