Busca avançada
  1. Home
  2. Úvula inchada: o que é, quais os sintomas e tratamento?
Úvula inchada: o que é, quais os sintomas e tratamento?

Úvula inchada: o que é, quais os sintomas e tratamento?

  • 1 de setembro de 2022
  • 0 Curtidas
  • 428 visualizações
  • 0 Comentários

Úvula inchada: o que pode ser?

A boca é uma parte de fundamental importância para o nosso corpo e que deve receber atenção constante. Se não fosse pelo trabalho em conjunto de todas as partes da boca, não seríamos capazes nem mesmo de respirar, comer ou simplesmente falar.

Uma das partes da boca que é muito importante é a úvula, mesmo não recebendo tanta atenção quanto os dentes ou a língua, ela é igualmente importante.

Qual a função da úvula?

Desde os tempos do passado, as teorias que a ciência sugere é que essa estrutura era meramente um órgão vestigial, ela de fato tem uma função. De acordo com a Universidade Estadual do Oregon, o ato de engolir move a úvula e o palato mole para cima, e impede assim que alimentos e líquidos que são ingeridos possam acabar entrando na cavidade nasal.

Ela é uma estrutura bem pequena que é constituída por mucosa, tecido conjuntivo e músculo, e contribui para nossa capacidade da fala, e também serve para evitar o engasgamento ao desencadear o reflexo de náuseas quando um objeto de tamanho mais elevado que o comum, consegue alcançar a parte de trás da garganta.

O que é a Uvulite?

Assim como várias outras regiões do corpo, essa parte do palato mole não está isenta de passar por doenças ou inflamações.

De acordo com a Alberta Health Services, a uvulite geralmente é provocada por conta de uma infecção, entretanto às vezes pode acabar resultando em uma alergia ou em uma lesão.

Dentre os principais sintomas estão: vermelhidão e inchaço no local afetado, dores e desconforto na garganta, dificuldade para engolir ou sentir como que algo está preso na parte de trás da garganta.

Assim é importante consultar um médico caso demonstre os sintomas da uvulite, mas também há alguns remédios caseiros que podem ser uma alternativa paralela:

Ingerir muito líquido durante o dia.
Realizar gargarejos com água morna e sal.
Utilizar um spray para a garganta.
Não fumar e não se exponha à fumaça de cigarro.

Caso os sintomas persistam mesmo assim ou no caso de manchas vermelhas ou brancas na parte de trás da boca, pode ser que seja um caso de infecção causada por bactéria conhecida como faringite estreptocócica.

Mesmo que a faringite estreptocócica seja mais comum em crianças, os adultos também podem desenvolver esse tipo de infecção. Os sintomas mais comuns são dores de garganta, febre constante, glândulas inchadas e amígdalas vermelhas.

No caso do episódio de uvulite provocar bastante dor ou durar por mais de alguns dias, é importante marcar uma consulta com o médico. Por causa da vibração do palato mole e dos tecidos circundantes se provoca o som do ronco, pois um palato mole espesso pode acabar estreitando as vias respiratórias de uma pessoa enquanto ela está dormindo, enquanto uma úvula alongada pode obstruir o fluxo de ar e acabar assim elevando a vibração dos tecidos.

O ronco pode ser mais preocupante do que você imagina, pode ser que seja um sinal de apneia obstrutiva do sono (AOS), que consiste em um distúrbio do sono que faz com que a respiração comece e pare de forma repetida enquanto dormimos, e isso pode provocar consequências potencialmente graves.

Um dos principais mecanismos da apneia obstrutiva do sono se relaciona com a anatomia da boca, pois os músculos do palato mole acabam relaxando as vias respiratórias, fazendo com que se estreitam ou até mesmo se fechem enquanto dormimos.
Caso demonstre alguns sinais ou sintomas como esses citados acima é importante que se realize uma consulta com profissionais qualificados para que o diagnóstico seja feito e o melhor tratamento iniciado.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário