Busca avançada
  1. Home
  2. Balanite: o que é, quais as causas e tratamentos
Balanite: o que é, quais as causas e tratamentos

Balanite: o que é, quais as causas e tratamentos

  • 26 de julho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 520 visualizações
  • 0 Comentários

O que é a balanite?

A chamada balanite é basicamente uma inflamação que atinge a região da cabeça do pênis e que, quando chega a afetar o prepúcio, se chama de balanopostite, e causa alguns sinais e sintomas como vermelhidão, coceira e inchaço no local afetado.

Em quase todos os casos, é causada por conta de uma infecção provocada por um fungo, chamado de Candida albicans, mas essa infecção também pode ocorrer por uma infecção bacteriana ou, em alguns casos, simplesmente, por causa de uma alergia a algum tipo de cueca ou a algum produto de higiene.

Essa infecção pode afetar tanto homens adultos quanto em crianças, aparece de forma mais frequente em pessoas que não fez circuncisão, pelo fato de ter uma maior facilidade para acumular secreções, umidade e bactérias na região abaixo do prepúcio.

Assim que começarem a surgir os primeiros sintomas é fundamental realizar uma consulta ao urologista para que se possa iniciar o tratamento mais apropriado e acabar com o desconforto.

Quais são os principais sintomas da balanite?

Além de causar a vermelhidão na cabeça do pênis, essa doença pode provocar alguns outros sintomas, separamos abaixo os principais sintomas, confira:

Coceira forte no local afetado;
Mau cheiro;
Aumento da sensibilidade;
Inchaço constante na cabeça do pênis;
Presença de secreção esbranquiçada ou transparente;
Dor ou queimação ao urinar.

Existem alguns casos também, onde pode ainda tornar-se difícil puxar a pele que cobre o pênis, isso ocorre por conta que esta fica mais inchada e apertada por conta da inflamação.

Ao surgirem algum destes sintomas é muito importante se consultar com um médico urologista para que se possa identificar qual a causa correta da doença e iniciar o tratamento adequado e o mais rápido possível.

Fique atento para procurar sempre profissionais qualificados e de confiança para te ajudar! Para isso, conte sempre com a Unicallmed para te auxiliar na busca por profissionais qualificados!

O que pode causar a balanite?

A principal causa de balanite é a candidíase, que ocorre no momento em que o fungo Candida albicans consegue ter um desenvolvimento excessivo e provocar uma infecção na região das camadas mais superficiais do pênis.

Contudo, existem também, algumas outras causas que podem causar irritação na região peniana. Algumas são mais simples, como por exemplo a má higienização do local, o uso de algum novo medicamento ou alergia a algum produto de higiene ou a alguma cueca, já algumas outras podem ser mais graves, incluindo infecções que são causadas por bactérias, infecções sexualmente transmissíveis, diabetes ou lesões.

Ademais, algumas doenças que afetam a pele, como por exemplo, a eczema ou psoríase, também podem surgir na região íntima, provocando assim a balanite.

Como é feito o tratamento da balanite?

\Em grande parte, podem ser tratadas de forma simples, apenas com a higienização adequada do local e com o uso de cuecas de algodão que auxiliam no processo de respiração da pele. No entanto, quando os sintomas não melhoram mesmo após ter a higienização adequada, o médico pode ajudar a identificar qual é a causa e caso necessário ele vai iniciar um tratamento mais específico.

Qual a pomada indicada para balanite?

Pomadas corticoides, como Hidrocortisona: podem ser usados em todos os casos para melhorar os sintomas e diminuir a inflamação;

Pomadas antifúngicas, como Nistatina, Clotrimazol ou Terbinafina: são usadas para tratar o excesso de fungos;

Pomadas antibióticas, como Clindamicina ou Mupirocina: utilizadas nos casos de infecção por bactérias.

Caso mesmo após todos esses processos, os sintomas persistirem ou voltarem a aparecer se faz necessário passar por uma avaliação para se analisar a presença de algum tipo de alergia, que pode estar sendo causada por um sabão específico ou outro produto de higiene, por exemplo.

Em casos assim, deve-se evitar a substância que causa a alergia, para aliviar de uma vez por todas os sintomas.

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário