Busca avançada
  1. Home
  2. Língua dormente: conheça as principais causas.
Língua dormente: conheça as principais causas.

Língua dormente: conheça as principais causas.

  • 14 de julho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 621 visualizações
  • 0 Comentários

Língua dormente: o que pode ser?

Existem muitos fatores que podem levar ao formigamento e a dormência na língua e na boca , mas geralmente não são tão graves, sendo normalmente apenas consequência de problemas como estresse, ansiedade ou enxaqueca, em casos assim o problema pode ser solucionado sem que seja preciso um tratamento médico.

No entanto, é importante ficar atento para o surgimento de alguns outros sinais e sintomas que estão associados a uma doença, como, por exemplo, a deficiência e falta de vitaminas e minerais no corpo, alterações neurológicas, como o AVC, por exemplo.

Caso a dormência na língua e na boca passem a acontecer de forma frequente ou caso surja de modo repentino associada a outros sintomas, o ideal é que o médico clínico geral seja consultado para que seja realizada uma avaliação e seja identificada a possível causa desse problema, podendo assim ser indicado o tratamento mais adequado, caso haja necessidade.

Daí a necessidade de sempre buscar profissionais qualificados e eficazes para te ajudar e auxiliar nesse processo, por isso a Unicallmed conta com uma equipe qualificada e pronta para te ajudar, quando preciso.

Separamos abaixo duas das principais causas de boca e língua dormente, são elas:

1. Alergia alimentar:
A alergia alimentar pode acabar provocando uma sensação de formigamento, de dormência e de inchaço ao redor da boca, na língua e nos lábios, causando aftas e um grande desconforto na garganta. Além disso, podem ainda provocar alguns outros sintomas que se manifestam na pele, como coceira e vermelhidão ou desconforto gastrointestinal, como dor na região do abdômen, excesso de gases, vômitos frequentes, diarreia ou prisão de ventre.

Em alguns casos de maior gravidade, a pessoa afetada pode ter até mesmo dificuldade para respirar, o que pode pôr em risco a sua vida.

O que devo fazer?

O tratamento para alergia alimentar deve ser indicado pelo especialista o quanto antes for possível, e vai variar de acordo com a gravidade dos sintomas. Falando de um modo geral, os casos agudos são tratados com medicamentos anti-histamínicos, como a ebastina, loratadina ou cetirizina, por exemplo, corticoides como a prednisolona ou deflazacorte, por exemplo, e broncodilatadores. Em casos mais graves, em que ocorra anafilaxia, deve ser administrada adrenalina subcutânea.

Ademais, é fundamental também que se identifique quais os alimentos que podem provocar alergias alimentares, através dessa avaliação de todos os sinais e sintomas que produzem certos alimentos e por meio de exames imunológicos, eles poderão ser retirados da alimentação da pessoa , e mesmo assim ela deve ter muito cuidado ao fazer refeições fora de casa.

2. Hipocalcemia:
A hipocalcemia é quando existe uma diminuição nos níveis de cálcio presentes no sangue que, em grande parte das vezes, não provoca qualquer tipo de sintoma. Entretanto, quando a quantidade de cálcio não está no nível normal ou está muito abaixo do comum, podem surgir sintomas mais graves como espasmos musculares, confusão mental, convulsões e formigamento da boca e das mãos, por exemplo.

Esta carência de cálcio, é geralmente provocada pela deficiência de vitamina D, hipoparatireoidismo, baixa ingestão ou má absorção de cálcio, doenças renais , alcoolismo e alguns medicamentos.

O que devo fazer? O tratamento da hipocalcemia também vai de acordo com a sua causa, sua gravidade e dos sintomas presentes. Quando há uma hipocalcemia grave e com sintomas, deve-se haver uma reposição do cálcio, com gluconato de cálcio ou cloreto de cálcio, no hospital, até que os sintomas sejam aliviados. Caso esses sintomas sejam menos intensos, pode ser indicado alimentos com alguns suplementos com cálcio.

Além disso, também se deve ficar atento à causa e procurar solucioná-la o mais rápido possível, o que pode incluir a reposição de magnésio, vitamina D e também o tratamento para problemas nos rins ou paratireoides.

Busque sempre a ajuda de profissionais qualificados e eficazes que vão estar prontos e dispostos para te ajudar, conte com a Unicallmed para te ajudar!

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário