Busca avançada
  1. Home
  2. Nefrite: conheça mais sobre a inflamação causada nos rins!
Nefrite: conheça mais sobre a inflamação causada nos rins!

Nefrite: conheça mais sobre a inflamação causada nos rins!

  • 26 de julho de 2022
  • 0 Curtidas
  • 533 visualizações
  • 0 Comentários

O que é a nefrite?

A nefrite é considerada um complexo de doenças que podem provocar inflamação na região dos glomérulos dos rins, os glomérulos são as estruturas renais que têm a função de eliminar do organismo toxinas e alguns componentes, como por exemplo água em quantidade excessiva e sais minerais. Dessa forma, os sintomas geralmente aparecem, são: diminuição da quantidade de urina, inchaço das pernas e presença de sangue na urina.

Normalmente, ocorre por conta de uma grave infecção , pelo uso de medicamentos ou envenenamento, nesses casos ela é chamada de nefrite aguda. Entretanto, a inflamação também pode acontecer devido a presença de outras doenças, como a hepatite ou a infecção por HIV, por exemplo, acabando assim, em uma nefrite crônica.

Ao ter uma suspeita é fundamental fazer uma visita ao hospital, ou ter uma consulta com um médico nefrologista, para que se possa confirmar o diagnóstico e, caso necessário, dar início ao tratamento o mais rápido possível, para que se possa prevenir algumas complicações mais graves como a anemia ou a insuficiência renal.

É importante também a busca por profissionais de qualidade para que se tenha um diagnóstico e um tratamento feito com total segurança, para isso você pode contar com a Unicallmed para te ajudar quando precisar encontrar um profissional da saúde próximo de você.

Quais os tipos?

Os principais tipos estão relacionados com a região dos rins que foi afetada ou com a causa do problema, separamos abaixo alguns dos principais tipos, confira:

Glomerulonefrite: Esta inflamação atinge de forma principal a primeira parte do aparelho de filtragem, o glomérulo, e pode ser considerada aguda ou crônica;

Nefrite intersticial crônica ou nefrite túbulo intersticial crônica: Este tipo de inflamação atinge os túbulos dos rins e os espaços entre os túbulos e o glomérulo;

Lúpica: O local afetado por esse tipo, é o glomérulo e é provocado pelo Lúpus Eritematoso Sistêmico, que é uma doença do sistema imunológico.

Os tipos podem ser identificados pelo profissional da saúde, e, os mesmos ajudam a orientar qual o melhor tipo de tratamento.

Quais os principais sintomas?
Separamos abaixo os principais sintomas, e na maioria dos casos são:

  • Diminuição da quantidade de urina;
  • Urina com sangue;
  • Excesso de suor, especialmente na cara, mãos e pés;
  • Inchaço do rosto e/ou das pernas;
  • Aumento da pressão arterial.

Ao notar o aparecimento de alguns destes sintomas, deve-se ir sem demora a um médico nefrologista para que se realize os exames de diagnóstico como teste de urina, ultrassom ou tomografia computadorizada de forma a identificar o problema e iniciar o tratamento adequado.

Além dos sintomas citados acima, no caso da crônica pode surgir alguns outros sintomas como, por exemplo, a perda de apetite, náuseas, vômitos, fadiga, insônia, coceira e câimbras.

Quais as possíveis causas?
Existem muitas causas, as principais delas são:

Uso em excesso de medicamentos como alguns analgésicos, antibióticos, anti-inflamatórios não esteróides, diuréticos, anticonvulsivantes, inibidores da calcineurina como ciclosporina e tacrolimo;

Infecções causadas por conta de bactérias, vírus e outros;

Doenças autoimunes, como por exemplo Lúpus eritematoso sistêmico, Síndrome de Sjögren, Doença sistêmica associada a IgG4;

Exposição prolongada a algumas toxinas como lítio, chumbo, cádmio ou ácido aristolóquico.

Ademais, pessoas que convivem com vários tipos de nefropatia, câncer, diabetes, glomerulopatias, HIV, doença falciforme têm um maior risco de sofrer de nefrite.

Como é feito o tratamento?
O tratamento vai depender do tipo, quando se trata da aguda, o tratamento pode ser feito com repouso absoluto, controle da pressão das artérias e diminuir o consumo de sal. Se a aguda foi provocada por uma infecção, o nefrologista pode prescrever um antibiótico. Já na crônica o tratamento é realizado por prescrição médica e uso de antibióticos.

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário